sábado, 17 de junho de 2017

Ninguém compreende o outro. Somos, como disse o poeta, ilhas no mar da vida; corre entre nós o mar que nos define e separa. Por mais que uma alma se esforce por saber o que é outra alma, não saberá senão o que lhe diga uma palavra – sombra disforme no chão do seu entendimento. Fernando Pessoa

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e show

Nenhum comentário:

Postar um comentário